Museu Afro Brasil tem mostra sobre raízes do carnaval brasileiro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

‘Isso É Coisa de Preto’ e Acervo de Longa Duração revelam aspectos históricos da festa em diferentes regiões do país

O Carnaval carrega traços importantes da cultura e da história do nosso país. No Museu Afro Brasil, na capital paulista, é possível encontrar referências sobre a raízes da maior festa popular do Brasil, que começa no próximo fim de semana.

“Série Velha Guarda do Samba de São Paulo” Foto: Wagner Celestino

Com as raízes vinculadas ao sincretismo religioso das manifestações afro-brasileiras do período Colonial, a instituição apresenta a exposição “Isso É Coisa de Preto – 130 Anos da Abolição da Escravidão”. No local, estão dezenas de fotografias, recortes de jornais e capas de discos do século XX que destacam nomes fundamentais para a consolidação do carnaval nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Recife.

Em São Paulo, os cantos e danças dos escravizados das fazendas de café, o samba de bumbo de Pirapora e o batuque na lata de graxa do Largo da Banana são exemplos dessa presença. Para isso, a mostra de Longa Duração do Museu apresenta a “Série Velha Guarda do Samba de São Paulo”, uma série de fotografias do paulistano Wagner Celestino.

Além disso, os visitantes podem encontrar máscaras, bandeiras e vestimentas de Congadas, dos afoxés da Bahia, do Bumba-meu-boi do Maranhão e dos Maracatus de Pernambuco.

SERVIÇO

Museu Afro Brasil

Av. Pedro Álvares Cabral, s/n
Parque Ibirapuera – Portão 10
São Paulo / SP – 04094 050
Fone: 55 11 3320-8900
www.museuafrobrasil.org.br

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.