Março é o pior mês da pandemia no Brasil com 66,8 mil mortos

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Fonte: Consórcio de veículos de imprensa

Desde o início da pandemia o Brasil contabilizou 12.753.258 casos e 321.886 mortes por Covid-19. Março teve mais do que o dobro de mortes de julho de 2020, o 2º pior mês da pandemia. É o que mostra novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h de quarta-feira.

Entre quarta (31) e terça-feira (30) desta semana, foram computadas 3.950 mortes em decorrência da doença. Pela primeira vez, num intervalo de sete dias, foram registradas mais de 20 mil mortes.

Leia também: Levantamento aponta que número de famílias que dependem de ONG’s aumentou durante a pandemia

Já são 70 dias seguidos com a média móvel de mortes acima da marca de mil; o país completa agora 15 dias com essa média acima dos 2 mil mortos por dia; e já é o quinto dia com a média acima da marca de 2,5 mil, aproximando-se agora da média de 3 mil vidas perdidas por dia.

Além disso, março também foi o mês em que em que quase todos os estados apresentaram tendência de aceleração na média móvel de mortes por covid-19. A única exceção é o estado do Amazonas, que teve apenas quedas depois de apresentar altas consecutivas em dezembro, janeiro e fevereiro.

Em março, o número de mortes no Brasil seria suficiente para “classificar” o país como 10º colocado no ranking de países com maior número de óbitos desde o início da pandemia.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.