Lideranças indígenas denunciam que missionários evangélicos disseminam medo da vacina contra Covid-19

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Fonte: Reuters

No Sul do do Amazonas, o povo Jamamadi expulsou profissionais de saúde com arcos e flechas em visita neste mês

Equipes de profissionais de saúde que estão trabalhando na campanha de vacinação contra o coronavírus em aldeias indígenas remotas na Amazônia brasileira encontram resistência feroz em algumas comunidades onde missionários evangélicos estão provocando o medo em relação à vacina, dizem defensores e líderes tribais.

Na reserva de São Francisco, no estado do Amazonas, o povo Jamamadi expulsou profissionais de saúde com arcos e flechas em visita neste mês, disse Claudemir da Silva, líder Apurinã que representa comunidades indígenas do rio Purus, afluente do Xingú.

Não é em todas as aldeias que isso acontece, mas em aldeias onde há missionários ou igrejas evangélicas em que pastores fazem a cabeça dos indígenas para não tomarem vacina com essas histórias de que tem chip, que vai virar jacaré, umas ideias malucas” contou em entrevista a Reuters.

Profissional de saúde e policial militar conversam com indígena no AmazonasImagem: Bruno Kelly/Reuters

Líderes indígenas culpam o presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores mais calorosos na comunidade evangélica por alimentarem o ceticismo em relação às vacinas, apesar do elevado número de mortes no país pela Covid-19, que só fica atrás dos EUA.

Os indígenas, que correspondem a aproximadamente 800 mil pessoas no Brasil, são um grupo prioritário no programa nacional de imunização devido aos seus hábitos de vida em moradias compartilhadas e ao acesso muitas vezes restrito aos serviços de saúde.

São várias comunidades que estão sendo influenciadas por esse fundamentalismo religioso de missionários que através de suas pregações estão colocando os indígenas contra a vacina” relatou Dinamam Tuxá, líder da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), a maior organização indígena do país.

A Associação Brasileira de Antropologia também denunciou grupos religiosos em uma nota divulgada na última terça-feira por espalharem teorias da conspiração falsas para “sabotar” a vacinação dos povos indígenas.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.