Lewis Hamilton se torna cidadão honorário brasileiro pela Câmara dos Deputados

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Câmara de Deputados aprovou nesta quinta-feira (09) a resolução que concede ao piloto britânico da Fórmula 1, Lewis Hamilton, o título de cidadão honorário brasileiro. A decisão teve como base a homenagem que o atleta fez a Ayrton Senna no Grande Prêmio do Brasil, em Guarulhos, no ano passado.  

Em seu perfil no Instagram, Hamilton disse que o país é um dos seus lugares preferidos e está sem palavras com a notícia do título. “Sem palavras! Hoje eu virei cidadão honorário de um dos meus lugares favoritos no mundo. Eu não sei nem o que dizer agora. Obrigado Brasil. Amo vocês, não vejo a hora de ver vocês de novo.”, afirma o britânico em legenda com fotos da corrida no Brasil.

No evento de inovação digital realizado em São Paulo, VTEX DAY, no dia 13 de abril, Lewis Hamilton contou parte de sua história como uma criança negra na Inglaterra. O atleta também falou sobre os desafios encarados para se tornar heptacampeão da Fórmula 1 e citou como ficaria honrado se recebesse o título.

Lewis Carl Davidson Hamilton, conhecido como Lewis Hamilton, iniciou sua carreira no automobilismo no karting em 1995 e está na Fórmula 1, nível mais alto da categoria, desde 2007. Ele é único pilotos negros na F1 e o segundo a ser heptacampeão, isto é, ter ganhado 7 vezes o campeonato mundial por pontos corridos.

hamilton
Lewis Hamilton

LEIA TAMBÉM: ‘Obrigado por ser quem você é’, diz Pelé à Lewis Hamilton

Além disso, Lewis tem os maiores recordes em voltas lideradas (2021), vitórias e pódios (2020), e pontuação (2016). Atualmente ele representa a empresa Mercedez. Ele foi criticado em 2020/2021 por sua postura política social dentro e fora das pistas, tanto que o alto escalão da F1, tentou de várias formas o censurar. Hamilton tem alguns projetos para a entrada de mais pessoas pretas na Fórmula 1, como o instituto Mission 44 e uma parceria com a Real Academia Britânica de Engenharia. 

A resolução foi de criação do deputado André Figueiredo (PDT-CE) e teve como relator Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR). Por não se tratar de um Projeto de Lei (PL) a decisão não precisa passar por aprovação ou votação no Senado. Ainda não foi marcada data para entrega do título.

APOIO-SITE-PICPAY

4 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.