Cantora Késia Estácio lança single falando sobre relacionamento afrocentrado, desejo e saudade

APOIE O NOTÍCIA PRETA

‘Quando Penso em Você’ é a nova música da cantora carioca Késia Estácio. O videoclipe, lançado nesta sexta (20), fala sobre uma relação importante entre pessoas negras. Segundo a artista, a música fala sobre duas pessoas que estão na batalha do dia a dia, que se gostam, que se desejam, mas existem prioridades. “Existe um pequeno conflito, uma saudade, uma vontade de tá juntos. Uma dúvida do ‘poxa, será que é tão difícil resolver isso? Eu sei que você está ocupado, eu também, mas larga tudo e vem pra cá’”, conta Késia.

Resistência no Amor

O amor afrocentrado, segundo ela, é uma forma de resistência, de luta contra os preconceitos do dia a dia, das dificuldades cotidianas. “Principalmente quando se trata de uma mulher negra, artista, é difícil acompanhar mesmo. E essa canção aborda essa questão adulta, da mulher ser bem resolvida, de se conhecer, que é direta com seu parceiro e sabe se dar prazer”, analisa.

O single fala sobre empoderamento, um lugar que, segundo Késia, só as mulheres entendem. “Uma mulher preta, falando se sensualidade, de sexualidade, de fragilidade no lugar de saudade. Por que a gente é forte e guerreira, mas a gente também é princesa, quer deitar num colo e dar esse colo também. Inclusive, a gente quer construir. É uma mulher negra construindo sua música, seu vídeo, pensando. Isso é um ato político. Um cabelo crespo assumido e já foi um dia um problema. É um lugar de cura, de autoamor”, conta.

Produção Negra

Desde a composição, que é de autoria da própria Késia Estácio, de Marcelle Motta, Ricky Ndombashi e Jasminy Januário, até a edição, toda equipe é formada por pessoas negras. “Todos os envolvidos são negros e isso é novo pra mim. Novo de ter conseguido fazer um rolê com os irmãos mesmo, tão próximos, não só de afeto, mas também de ideologia”, comemorou.

Apesar de usar química desde os 4 anos, e passou a fazer tranças no cabelo há pouco mais de 3 anos, Késia optou por não usá-las no videclipe por estar “em uma relação de amor com seu cabelo”, depois da transição capilar: “Escolhi fazer o que eu sou mesmo, os penteados que gosto, o que eu me sinto bonita. A gente que usa o cabelo black, sempre modelamos antes de dormir, faz um coque, passa um óleo de côco, faz um baby hair e essa é a nossa realidade mesmo. Quis deixar isso bem claro”, enfatizou.

Confira o clipe do single: “Quando penso em você”:

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.