Justiça suspende indicação de Sérgio Camargo para presidência da Fundação Palmares

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A nomeação de Sérgio Camargo Nascimento à presidência da Fundação Palmares foi suspensa após muita pressão popular. O juiz Emanuel José Matias Guerra, da 18ª Vara Federal do Ceará, acatou ação popular proposta contra a decisão do governo de nomear Sérgio Camargo presidente da Fundação Palmares. A informação é da Veja.

Em despacho de nove páginas, assinado nesta quarta-feira (04), o magistrado suspendeu o ato do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que indicou Camargo para o Cargo.

O juiz argumentou que a análise das publicações de Camargo aponta excessos. “Não serão aqui repetidos alguns dos termos expostos nas declarações em frontal ataque às minorias cuja defesa, diga-se, é razão de existir da instituição que por ele é presidida”, registrou o magistrado.

Sérgio Camargo já defendeu a escravidão, o fim do movimento negro e disse que não há racismo no Brasil.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.