Justiça bloqueia cachês de shows de Belo para pagar parte de dívida de mais de R$ 5 milhões com Denilson

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) ordenou que o dinheiro arrecadado com a venda dos ingressos de dois shows realizados pelo cantor Belo, em comemoração ao Dia dos Namorados, sejam bloqueados e transferidos para o pagamento da dívida do cantor com o ex-jogador Denilson.

O dinheiro recebido pelo artista no show ‘Belo in Concert’ deveria ir para a conta do seu antigo parceiro em até esta quarta-feira (23). 

Segundo a decisão, “cabe o cumprimento da determinação judicial de p. 2625 no sentido de promover a transferência dos valores obtidos com a venda dos ingressos referentes a apresentação de nome ‘Belo in Concert‘”.

Dívida ultrapassa R$ 5 milhões de reais

Denílson está cobrando Belo na Justiça desde 1999, quando o Denílson processou Belo por quebra de contrato. Na época o pagodeiro liderava o grupo Soweto e o ex-jogador gerenciava a banda. No ano 200, quando Belo deixou o Soweto para iniciar carreira solo, a parceira chegou ao fim e Denilson processou o cantor alegando quebra de contrato.

Em 2004, a Justiça condenou Belo a indenizar Denilson. Não cabem mais recursos. Com multas e correções, a dívida atual supera R$ 5 milhões.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.