Mauricio de Sousa Produções homenageia Enedina Alves Marques no Dia das Mulheres na Engenharia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O Dia Internacional das Mulheres na Engenharia é comemorado anualmente em 23 de junho e, neste ano, a Maurício de Sousa produções homenageou a primeira mulher negra a se formar em Engenharia no Brasil, Enedina Alves Marques (1913-1981). 

Ilustração: Maurício de Sousa

Representada pela personagem Milena, a arte faz parte do projeto Donas da Rua da História, que traz visibilidade a grandes nomes de meninas e mulheres que fizeram a diferença. Para Mônica Sousa, diretora-executiva da Mauricio de Sousa Produções, Enedina deixou seu legado e um exemplo a ser seguido. “Um dos pilares do Donas da Rua é incentivar o interesse das meninas pelas áreas de STEM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) para que tenhamos mais mulheres nessas áreas no futuro. A história de Enedina precisa ser conhecida para inspirar as novas gerações”, reforça a executiva.

Enedina

A adolescência de Enedina Alves foi marcada pelo trabalho doméstico em casas de famílias. Em 1931, aos 18 anos, se diplomou professora normalista, profissão comum entre a maioria das mulheres até o final da Segunda Guerra Mundial. Apesar disso, a professora não desistiu de seus sonhos. Na contramão das tradições da época, em 1939, apresentou um requerimento escrito de próprio punho solicitando a inscrição para os exames do curso complementar de pré-engenharia da Faculdade de Engenharia do Paraná (FEP). 

Leia também: Filme sobre o abolicionista Luiz Gama estreia em julho nos cinemas

Enedina desafiou os padrões acadêmicos e sociais ao escolher uma profissão pouco usual na década de 1940. Ela foi aluna de engenharia Civil da Faculdade de Engenharia do Paraná (FEP) e recebeu o diploma em 1945, aos 32 anos.

Criado em 2016, o Donas da Rua tem como um de seus objetivos trazer visibilidade às mulheres notáveis para que se tornem exemplo, incentivem e conscientizem outras meninas e mulheres de que todas são capazes de marcar a história da humanidade.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.