Jogador de basquete da NBA, James Harden, é abordado pela polícia de Paris: “não entendo”

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Foto: Edward Berthelot/Getty Images

O jogador de basquete do time Brooklyn Nets, James Harden, foi abordado pela polícia em Paris, França. James estava na cidade para assistir o desfile da marca Balenciaga na semana de moda de Paris e foi parado pelos policiais, todos brancos. No evento, que aconteceu na última quinta-feira (8), o jogador estava no desfile com Lewis Hamilton, Lil Baby, Kanye West e outras celebridades negras.

Após a revista dos policiais, o astro da National Basketball Association (NBA) foi liberado. Em vídeo do momento da abordagem, divulgado nas redes sociais, James diz nitidamente não entender o ocorrido “Ok, mas eu não entendo, não entendo”.

O acontecimento foi na Avenue Montaigne, uma das principais e mais luxuosas avenidas de Paris, tendo lojas como Louis Vuitton, Dior, e Ralph Lauren, joalherias como a Bulgari e o hotel Plaza Athénée.

James Edward Harden Junior começou na NBA em 2009 e é considerado o maior ala-armador da liga, já participou 9 vezes do All-Star Game da NBA e faz parte da seleção de basquete dos Estados Unidos da América. O seu primeiro time profissional foi o Oklahoma City Thunder, depois foi para o Houston Rockets, onde jogou a maior parte da sua carreira até que em janeiro de 2021 foi para o Brooklyn Nets, time que defende atualmente. O seu salário é de U$41,25 milhões e sua fortuna chega a quase R$1 bilhão do real brasileiro.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

  • Desnecessário falar da fortuna dele pra justificar o absurdo do racismo. Qualquer mortal comum milionário ou não merece respeito seja qual for a sua profissão ou origem. O vieis da reportagem ficou atrelado ao absurdo por ser famoso e rico. Isso não é o posicionamento correto ao meu ver…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.