Há mais de 10 anos familiares de Fernandinho Beira-Mar ocupam cargos públicos no RJ

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Uma investigação da Polícia Federal obtida pelo UOL aponta que nove familiares e a ex-contadora de Fernandinho Beira-Mar, ex-líder da organização criminosa Comando Vermelho, ocuparam cargos públicos na Câmara de Vereadores de Duque de Caxias (RJ). As remunerações de todos eles juntos somaram R$ 1,2 milhão entre 2010 e 2017.

Os cargos não são apenas indicações políticas. A filha d Beira-Mar, a dentista Fernanda Costa, é a primeira suplente do MDB na Câmara Municipal de Duque de Caxias. Eleita no ano pasado, Fernanda assumiu o cargo de vereadora no início do ano. A investigação da Polícia Federal revela que outros parentes de Beira-Mar já ocuparam cargos na Câmara em gabinetes de quatro vereadores.

Entre os quatro vereadores, dois conseguiram se eleger no ano passado —Ailton Abreu Nascimento, o “Chiquinho Caipira” (DEM), e Maria Landerleide de Assis Duarte, a Leide Amiga de Caxias (Republicanos). Eles alegaram à PF que empregaram pessoas indicadas por membros da campanha.

Os outros dois vereadores Carlos Alberto Oliveira do Nascimento, o Carlos de Jesus, —eleito em 2008 e 2012 pelo MDB e, em 2016, pelo PDT— e Margarete Conceição de Sousa, a Gaete, —eleita em 2008 pelo DEM e, em 2012, pelo PSD— relataram à PF que não tinham ciência da ligação dos funcionários com Beira-Mar.

Em 2017, o delegado da polícia federal Leonardo Marino Gomes dos Santos instaurou o inquérito para apurar o crime de peculato, que é quando há subtração ou desvio, mediante abuso de confiança, de dinheiro público ou de coisa móvel apreciável, para proveito próprio ou alheio, por funcionário público que os administra ou guarda. O crime supostamente ocorreu “em razão da contratação de parentes do investigado” Fernandinho Beira-Mar na Câmara dos Vereadores de Duque de Caxias.

A investigação começou após análises de bilhetes apreendidos com Beira-Mar e seus visitantes no presídio federal de Porto Velho (RO), além de imagens e áudios de conversas virtuais mantidas em parlatórios, sobretudo com sua mulher.

Fonte: UOL

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.