Google: Pesquisa por racismo quadruplica no mês de agosto e bate recorde

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nunca os brasileiros pesquisaram tanto sobre racismo quanto este ano. Segundo o Google, a ferramenta de busca da empresa mede o grau de interesse por termos em uma escala de 0 a 100. Em média, o termo “racismo” atingia 23 pontos, mas em agosto de 2020 chegou aos 100 pontos.

Este foi o mês de interesse recorde pelo tema no Brasil dos últimos 14 anos. O Google é usado em 96% das buscas realizadas no país, segundo a empresa de análise de dados de eletrônicos StatCounter.

Outros temas ligados ao tema também registram aumento nas buscas. A principal pergunta feita pelos internautas brasileiros foi “o que é racismo estrutural?”.

“Privilégio branco” foi outro termo que atingiu pico de interesse entre os internautas brasileiros. A média mensal de pesquisas pelo termo atingia quatro pontos de média, mas registrou 100 pontos em maio.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.