Goleiro Hugo Souza é alvo de racismo nas redes sociais

APOIE O NOTÍCIA PRETA


Em menos de um ano após ter sido chamado de macaco, em São Januário, no Rio de Janeiro, o jovem goleiro do Flamengo, Hugo Souza, 21 anos, foi alvo de injúria racial nas redes sociais. O goleiro recebeu uma enxurrada de insultos racistas após ter falhado no jogo contra o São Paulo, na última quarta-feira (11). 

Internautas o chamaram novamente de Macaco e fizeram ataques racistas falando que o jogador havia mentido sobre o caso de injúria racial do ano passado na partida contra o Vasco. Além desses ataques, alguns internautas fizeram comentários ofensivos fazendo alusão ao incêndio no Ninho do Urubu, que vitimou fatalmente dez jogadores da base do Flamengo. 

Após a partida, o jogador assumiu a responsabilidade pela falha. ”Erros acontecem, cabeça erguida e bola pra frente. Triste por ter terminado a noite de hoje assim, mas Deus sabe de todas as coisas. Agora é trabalhar cada vez mais e mais. Peço desculpas à Nação por hoje, mas darei o meu melhor sempre por essa camisa!”, publicou o goleiro no Twitter. 

Mesmo assim, internautas continuaram disparando contra o jogador do Flamengo.

 

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.