Fotógrafo denuncia tatuador que usou imagem de criança sem consentimento

WhatsApp-Image-2022-11-29-at-16.24.42-1.jpeg

O fotógrafo Ronald Santos publicou em suas redes sociais uma denúncia do uso indevido de imagem por parte do tatuador Neto Coutinho. Segundo Ronald, o tatuador usou a imagem de uma das crianças que estava em seu perfil, sem a autorização dos seus pais, e ganhou um prêmio em um concurso internacional de tatuagens.

Foto: Reprodução Redes sociais

A tatuagem foi feita em um rapaz branco que não foi identificado, o que causou revolta entre os seguidores de Ronald, em seu post, feito na última segunda-feira (28), ele diz que “o que choca é o cidadão branco usar de uma criança negra para tatuar em seu corpo, cujo a criança nunca avistou em sua vida. Essa não é a primeira vez que pessoas brancas pegam fotos minhas e usam das formas que bem entendem sem pedir autorização nenhuma.

IyáPreta Alágbára, mãe da criança, diz que é  triste saber que o tatuador, um homem branco, tem a certeza que vai poder usar a foto de uma criança preta sem sofrer represálias e ainda eternizar o rosto de uma criança na pele de outra pessoa, sem prévia autorização dos responsáveis.

“O que mais me emputece é que o cara, um homem branco, tem a certeza que vai poder usar a foto de uma criança preta, sem sofrer represálias. Ayo tem mãe, tem pai, tem família. Tentamos contato com ele de todas as formas e fomos ignorados. O cara é famoso e ganhou um prêmio com a foto do meu filho, uma criança que ele sequer conhece.”, escreve.

Em comentários, influencers e ativistas do movimento negro se manifestaram contra o tatuador. A tatuadora ÍndiaTattoo publicou: “É impressionante como o corpo preto e o corpo indígena são desumanizados. Além da falta de respeito com o trabalho do fotógrafo, né?” A influenciadora Preta Rara comentou na publicação, mostrando sua indignação. “Os brancos sabem da impunidade aqui pra eles que agem como bem querem, como se nosso corpo, imagem não tivesse dono. Absurdo”.

Em Nota Oficial o tatuador Neto Coutinho, através de seu advogado, manifestou a sua retratação pelo uso indevido da fotografia. E pediu desculpas a Ronald e aos pais da criança.

VEJA TAMBÉM: CorpoCasa reúne HQ, fotografia, jornalismo documental e dança de artistas periféricos

0 Replies to “Fotógrafo denuncia tatuador que usou imagem de criança sem consentimento”

Deixe uma resposta

scroll to top