Festival Afro e Indígena reúne artistas em documentário musical

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Douglas Belchior é um dos ativistas convidados para o evento – Foto:

Nos dias 13 e 20 de maio, serão dada continuidade na primeira edição do Festival Afro e Indígena, que tem como proposta promover a disseminação cultural através da valorização das raízes brasileiras. Iniciado no último dia 6, em formato de documentário musical, o evento será transmitido pelo canal de Youtube do Festival a partir das 19h. Contando com a presença de vários ativistas, a produção foi idealizada pelos músicos e produtores culturais Fabricio Mascate e Phil Lima.

Eles ressaltam a importância da contratação de pessoas negras e indígenas para compor a produção do evento. “Entendemos a necessidade e importância de promover o trabalho à essas pessoas, não só dos artistas, mas também de toda equipe técnica envolvida, como gravação, áudio, montagem, cenografia, entre outros envolvidos na construção destas apresentações“, comentam Phil e Fabricio. 

Leia também: Milton Nascimento terá filme sobre sua trajetória musical

Segundo eles, a ideia inicial era que o evento pudesse ser realizado em um local que tivesse aderência à proposta da produção. A escolha foi pela Comunidade Cultural Quilombaque, localizada em Perus, noroeste de São Paulo. Porém, com o agravamento das restrições de isolamento social em março, as gravações foram realizadas de forma remota, com redução da equipe técnica de gravação. Os artistas receberam instruções, equipamentos e cenografia para que conseguissem realizar as gravações de suas próprias casas.

Serviço

Festival Afro e Indígena – Evento documental de resgate das cultura preta e indígena

Datas: 6, 7 e 8 de maio – 19h (Horário de Brasília)

Canal: Youtube Festival Afro e Indígena

 

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.