Família de Nicole Cristina, influenciadora que sofreu ataques racistas, formaliza denúncia de crimes de ódio e injúria racial

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nesta sexta-feira (21), a família da influenciadora digital Nicole Cristina foi até a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância do Rio de Janeiro (Decradi), formalizar a denúncia de crimes de ódio e injúria racial, sofridos por jovem nos últimos meses, nas redes sociais.

Segundo sua assessoria, essa é uma medida que visa proteger a criadora e sua família, além de identificar e responsabilizar as pessoas por trás dos perfis que a atacam. 

Há aproximadamente um mês, a jovem de 15 anos começou a ter seus vídeos do TikTok bombardeados de comentários racistas referentes ao seu cabelo. Alguns artistas foram a público se posicionar sobre o caso de racismo, como Jojo Todinho, Roger Cipó, Tatá Werneck, Seu Jorge e, em especial, a cantora Ludmila que, em seu Instagram, pediu para que uma empresa de produtos para cabelo a tornasse embaixadora da marca. Nicole recebeu alguns produtos e disse estar muito feliz e aproveitando muito os itens.

crimes de ódio e injúria racial
A advogada Fayda Belo acompanha Nicole e sua mãe Ana Cristina – Foto: Divulgação

Após o caso viralizar nas redes sociais, Nicole e sua família entraram em uma corrente de solidariedade e até uma campanha de arrecadação de fundos foi organizada pela Ong Razões para Acreditar. Com o valor arrecadado Nicole vai, enfim, realizar o sonho de dar uma casa para sua família, até então, vivia em condições precárias, no subúrbio do Rio. 

Nicole é menor de idade, e isso podia ter destruído a autoestima dela e feito com que ela ficasse com depressão. Nicole não sofreu uma simples ofensa, ela sofreu injúria racial”, comenta Ana Cristina, mãe de Nicole, e completa: “É um absurdo, em pleno século XXI existir esse tipo de racismo. Tem que ser dado um basta. Somos um povo livre”, diz Ana Cristina, mãe de Nicole.

Para a advogada, Dra. Fayda Belo, que assessora Nicole, crimes de ódio e injúria racial devem sempre ser denunciados: “Não podemos normalizar e nem ignorar condutas racistas como essas. Não vivemos mais nas senzalas. Discriminar alguém pela cor da pele, pela fibra do cabelo, é crime, inclusive com chancela Constitucional. É necessário sempre dar uma resposta jurídica a atos assim, para que o racismo que já é tão gritante no Brasil não possa continuar se perpetuando em nosso país”.

Roger Cipó, influenciador que hoje assessora e dá suporte para Nicole, ao lado da youtuber Neggata, comenta que a rede Tik Tok, onde Nicole sofreu ataques, está dando apoio a jovem: “Nós vamos trabalhar para que Nicole tenha segurança para produzir o que ela quiser. Uma adolescente talentosa como ela, precisa ser amparada e protegida. Meu apoio é nesse sentido. Foi assim que mobilizamos uma rede de suporte e também estamos em diálogos bem importantes com o próprio TikTok Brasil. A plataforma tem sido parceira e dado a devida atenção para o caso de Nicole”.

A influenciadora, hoje, já soma mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais, apresentando o cotidiano de sua família, receitas, cuidados familiares e com os animais. Nicole ama karatê e pretende, em breve, voltar às aulas. 

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.