Estudo mostra que 83% dos paulistanos acreditam que o racismo aumentou nos últimos anos

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Manifestantes em frente ao supermercado Carrefour em Porto Alegre, após a morte de João Alberto Silveira – Foto: Divulgação

Um levantamento, realizado pela Rede Nossa SP em parceria com o Ibope Inteligência, mostrou que 83% dos paulistanos acreditam que o preconceito contra pessoas negras aumentou nos últimos 10 anos. Para as pessoas autodeclaradas pretas, a percepção é ainda maior. 30% consideram que o preconceito se na teve e 58% que teve aumento na discriminação.

Ainda de acordo com o estudo, os ambientes mais discriminatórios são shoppings e comércio, com 81%, seguido por ruas e espaços públicos, com 75%, e escolas e faculdades, 74%. Ambiente de trabalho, transporte público e espaços de saúde vem na sequência com 74, 70 e 65%, respectivamente.

Oportunidades

A pesquisa também questionou sobre oportunidades entre pessoas negras e brancas. 74% dos entrevistados acreditam que as pessoa negras têm menos oportunidades no mercado de trabalho que as não negras. Entre os autodeclarados pretos e pardos, 78% afirmam ter menos oportunidades e as pessoas brancas entrevistadas, 69% acreditam que os negros têm menos oportunidades.

A pesquisa ouviu 800 pessoas, na cidade de São Paulo, entre os dias 5 e 21 de setembro

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.