Estátua de senhor de escravos é substituída por imagem de uma mulher negra, na Inglaterra

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nesta quarta-feira (15), a cidade de Bristol, na Inglaterra, amanheceu com uma estátua da manifestante negra Jen Reid instalada no lugar do monumento dedicado ao mercador de escravos Edward Colston. A escultura do escravagista havia sido derrubada em junho, durante protestos antirracistas, do movimento “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam). Segundo o jornal The Guardian, uma operação secreta, liderada pelo artista Marc Quinn, instalou o monumento durante a madrugada, sem o conhecimento das autoridades locais.

Leia mais: Estátua de senhor de escravos é removida em Londres após pressão popular

A obra, intitulada “A Surge of Power” (Um Surto de Poder), foi inspirada em uma fotografia de Jen Reid de braço erguido e punho fechado, saudação black power, no pedestal onde ficava a estátua de Colston. A manifestante afirmou que fez o gesto de forma espontânea.

Jen Reid em frente à estátua em sua homenagem (Foto: Divulgação/Marc Quinn)

“Eu nem pensei muito sobre o ato. Era como se uma carga elétrica de poder estivesse passando pelo meu corpo. Essa escultura existe para defender minha mãe, minha filha e negros como eu”, disse Reid.

Em uma nota publicada em conjunto com Jen Reid, o autor da obra escreveu que seu objetivo é apoiar a luta antirracista.

“Manter a discussão a respeito da vida de pessoas negras e suas experiências aos olhos do público, e fazer o que for possível para ajudar, é muito importante. Aqueles de nós que temos privilégios têm o dever de fazer parte da mudança”, relatou Quinn.

Marvin Rees, prefeito de Bristol, informou que o artista não teve permissão para instalar a escultura. Ainda, ressaltou que os moradores da cidade deverão decidir qual personagem ocupará o lugar de Edward Colston.

APOIO-SITE-PICPAY

Louise Freire

Jornalista e apaixonada por livros. Concluiu sua graduação em 2016 e no mesmo ano estagiou em uma revista. Participou da produção de um programa da TV Brasil e trabalhou como produtora audiovisual.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.