Cruzeiro leiloa camisas renda é revertida para projetos que combatem o racismo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Até o dia 15 de dezembro, o Cruzeiro realizará um leilão das camisas utilizadas no jogo contra o Sampaio Corrêa, no último dia 18 de novembro e toda a renda arrecadada será revertida em projetos que combatam o racismo. As camisas trazem a mensagem #RisqueoRacismo, em alusão ao Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro.

Jogadores do Cruzeiro entraram em campo estampando a mensagem nas camisas – Foto: Divulgação/Cruzeiro

A inciativa visa transferir toda renda das vendas das camisas para o Observatório da Discriminação Racial no Futebol. Segundo o presidente do clube, é mais uma ação do clube contra o racismo. “É tenebroso que em pleno 2021 ainda tenhamos que lutar contra o racismo, mas, já que é preciso, que o Cruzeiro seja protagonista nisso. Toda equipe tem meu aval e apoio pessoal para sermos mais incisivos nesse assunto”, afirmou o dirigente em entrevista ao jornal Hoje em Dia.

Leia também: Sem público, jogos de futebol registraram menos casos de racismo em 2020

Para Marcelo Machado, diretor do Observatório, o posicionamento dos clubes é de suma importância para que casos de racismo sejam erradicados do futebol brasileiro. “Com o passar nos anos, clubes passaram a se posicionar; então o próximo passo era apoiar ações de entidades que lutam contra o racismo e uma dessas possibilidades é o apoio financeiro. O Cruzeiro atendeu ao chamado do Observatório e, ao colocar em suas camisas uma mensagem contra o racismo, cumpriu o primeiro passo. Ao reverter o valor do leilão de suas camisas, mostra que entendeu de fato como pode estar engajado na luta antirracista”, celebrou.

Machado também especificou para onde vão os recursos que os clubes repassam ao Observatório. “Esse valor repassado ao Observatório será utilizado na criação do App de denúncias de racismo no futebol brasileiro, projeto que deu os primeiros passos em setembro, mas que precisa de apoio para sair do papel”, conclui.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.