Conselheiro do Sport Club faz ataque homofóbico a Gil do Vigor

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Foi vazado um áudio, na semana passada, em que o conselheiro do Sport Flávio Koury, faz ataques homofóbicos à Gil do Vigor. Nos áudios e mensagens foram enviadas à uma grupo fora do ambiente oficial do clube, com a presença de conselheiros e torcedores, Flávio Koury critica a dança do ex-bbb.

“Tem 1,2 milhão de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem bicha. Vai vender é camisa. A viadagem todinha vai comprar. Vai ser lindo! Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele ou no bordel, ou onde ele quisesse, eu não estava nem aí. Mas foi dentro da Ilha do Retiro, né rapaz. Isso é uma desmoralização. Isso é ausência de vergonha na cara. É isso que a gente está vivendo […]”, diz Flávio Koury.

No Twitter, Gil do Vigor conta que foi o primeiro ataque homofóbico que se depara após sair do BBB. “E posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo. É muita dor!”

O conselheiro e deputado Romero Albuquerque, responsável por vazar os áudios, protocolou um pedido para que Flávio Koury seja expulso do quadro social do Sport. “Divulguei porque além do fato administrativo, ultrapassou a esfera criminal. É homofobia. Algo na minha visão muito grave. Acabei expondo outros conselheiros, mas não podia ser diferente meu posicionamento. Tinha que me manifestar para que essa atitude está errada”, diz ele.

Segundo o Art. 20. da Lei 7.716/1989, que incluiu homofobia e transfobia em 2019, diz que “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, origem, condição de pessoa idosa ou com deficiência, gênero, sexo, orientação sexual ou identidade de gênero” poderá ser considerado crime sob pena de reclusão de um a três anos e multa.

Leia também: Gilberto Nogueira, ex-BBB, lançará livro: ‘Ato de resistência’

Em nota oficial, o Sport Club de Recife, diz que estão tomando todas as providências para que todo e qualquer ato de preconceito sejam penalizados. Milton Bivar, presidente do Sport, se posicionou em suas redes sociais apoio à Gil. “O Sport Club do Recife é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport. Um clube plural, do povo. A maior torcida do Norte/Nordeste. Não segregamos quem ama o Sport. O amor que une nossa torcida ao clube é incondicional. Obrigado Gil, por levar o nome do Sport pra todo o mundo. Pelo Sport Tudo!!!”

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.