Brasil bate recorde de 168 mil novos casos de Covid-19 em 24 horas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Na última quinta-feira (20), o Brasil registrou 168.060 novos casos de Covid-19, chegando a 23.588.921 diagnósticos da doença desde o início da pandemia, em março de 2020. A média móvel de casos também teve aumento, chegando a 110.442 mil casos nos últimos sete dias, considerada a maior marca até o momento.

Teste do Plano Nacional de Testagem para a Covid-19, na Feira dos Importados, em Brasília – Foto: Marcelo Camargo

A média móvel de casos diários teve um aumento de 373%, em comparação com a média de 14 dias atrás. Além disso, os registros de óbitos também aumentaram. Somente nas últimas 24 horas, foram 324 mortes e a média móvel dos últimos sete dias está em 235 vidas perdidas.

Os números são do levantamento realizado pelo consórcio de veículos de imprensa, baseados nas informações das Secretarias Estaduais de Saúde e foram consolidados às 20h da última quinta-feira (20). Esses dados deveriam ser informados pelo Ministério da Saúde, no entanto, a pasta não fornece os dados.

O Rio de Janeiro é o estado que mais registrou casos nos últimos 14 dias. Passou de 3.194, dia 7 de janeiro, para 18.393 casos no dia 20. Seguido por Minas Gerais, que havia registrado 3.365 casos em 7 de janeiro e subiu para 17.906 registros de Covid-19 no dia 20 de janeiro.

Ao todo, 78,6% da população brasileira já foi imunizada com pelo menos uma dose, 69,5% já está totalmente vacinada, com duas doses ou dose única e 18% da população já recebeu a dose de reforço. Na última segunda-feira (17), deu-se início à vacinação de crianças entre cinco e 11 anos em todos os Estados.

A farmacêutica Pfizer entregou, na última sexta-feira (14), 1.248 milhão de doses do imunizante para atendimento da faixa etária. Em janeiro, a Pfizer vai enviar 4,3 milhões de doses.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.