Com o enredo ‘Oxalá, salve a princesa! A saga de uma guerreira negra’ Mancha Verde vence carnaval em São Paulo

Prestando homenagem à figura de Aqualtune, princesa congolesa e avó de Zumbi dos Palmares que foi escravizada no Brasil e lutou pelos direitos da população negra na época, a escola de samba Mancha Verde leva pela primeira vez o título de melhor escola do Carnaval paulista.

Em uma disputa acirrada a Acadêmicos do Tatuapé ficou com o vice-campeonato.

Nove quesitos foram avaliados, por quatro jurados cada: Bateria, Samba-enredo, Evolução, Fantasia, Harmonia, Comissão de Frente, Mestre Sala e Porta Bandeira, Enredo, Alegoria. As notas fracionadas variaram de nove a dez.

A campeã e as outras quatro escolas mais bem colocadas vão participar do desfile das campeãs na sexta-feira (8).

Vai-Vai e Tucuruvi são rebaixadas

A tradicional  Vai-Vai, Escola com mais títulos do carnaval paulista, caiu pela primeira vez em 89 anos de história.

Com 15 títulos a escola que teve como tema “o Quilombo do Futuro” deixa o grupo especial paulista. Este ano a Vai-vai trouxe para a avenida a luta do povo preto e ainda fez uma homenagem à vereadora Marielle Franco, assassinada no ano passado.  A Tucuruvi ficou empatada com a Tom Maior com 269,2 pontos mas perdeu no critério de desempate. Fundada em 1976 estava no Grupo Especial desde 1998. O enredo este ano foi “Liberdade. O canto retumbante de um povo heróico”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: