Carnaval 2020: Mulher negra em trabalho de parto é protagonista do desfile da União da Ilha do Governador

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Com o enredo “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: Salve-se quem puder!”, de Fran-Sérgio e Cahê Rodrigues” a tricolor insulana levará para a Marquês de Sapucaí uma reflexão sobre os principais problemas que afetam a sociedade, notadamente a camada mais pobre da população, instalada nas favelas e periferias, além de outras que estão se formando nos espaços públicos, sejam parques, praças e prédios abandonados ou invadidos.

“O enredo da Ilha fala das encruzilhadas que nós todos temos que enfrentar para ter uma vida mais digna”, explicou Fran-Sérgio. Uma das passagens do desfile será a protagonista implorando atendimento. “Ela fala: ‘Seu doutor, eu estou aqui, olha por mim’”, conta o carnavalesco.

Para contar a história dessas encruzilhadas que concentrarem problemas comuns a toda a sociedade, mas que nas favelas os reflexos são mais nítidos e impactantes, a União da Ilha elegeu como personagem central uma jovem mãe, negra, pobre, que pensa no futuro que poderá oferecer ao seu filho.

Na sinopse do enredo apresentado pela Escola para o carnaval deste ano, a insulana carioca conta que esta personagem é uma brasileira como milhões de outras mulheres que vivem em situação semelhante. Ela acredita que a Escola de Samba também tem compromisso com a cidadania e que o Samba, com a sua magia, é capaz de operar verdadeiros milagres.

Com uma estética mais realista a União da Ilha vai expor armas que levam medo e os problemas enfrentados pelo povo.

Entre as principais mudanças na Escola este ano estão a contratação do diretor de carnaval, harmonia e evolução, Laíla, que implantou uma comissão de carnaval – o trabalho está sendo discutido em conjunto.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.