Bolsonaro autoriza acesso de estudantes de escola particulares sem bolsa ao Prouni

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Na madrugada desta terça-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou, no Diário Oficial da União, a Medida Provisória (MP) 1.075 que autoriza alunos de escolas particulares, mesmo que não sejam bolsistas, a ingressarem em universidades utilizando o Programa Universidade Para Todos (Prouni). 

Bolsonaro assinou a MP 1.075 nesta segunda-feira – Foto: Sérgio Lima/Poder360

Até então, só tinham o direito de acessar as universidades particulares com bolsas de 50% e 100%, os alunos que cursaram o ensino médio em escolas públicas ou em instituições particulares, mas que fossem bolsistas integrais. Com a MP, alunos de escolas particulares também poderão utilizar o Prouni para ingresso nas instituições particulares. 

Segundo o texto da MP, o Ministério da Educação (MEC) poderá dispensar a apresentação de documentos comprobatórios de renda familiar bruta mensal, quando essas informações já estiverem no banco de dados do Governo Federal. 

Para a presidente da União Brasileira de Estudantes Secundaristas, Rozana Barroso, esta decisão é o primeiro passo para a destruição do Prouni. “Esse é o verdadeiro objetivo. Essa mudança proposta pelo governo é um absurdo gigantesco. Ele quer reforçar que nos quer fora do acesso ao ensino superior. Jovens que, assim como eu, sonham em ser os primeiros da família em uma universidade, recebem essa notícia com uma enorme indignação”, ressalta. 

Leia também: Enem 2021: número de negros e indígenas inscritos cai mais de 50%

Rozana lembrou ainda que a mudança vai impactar diretamente o acesso de pessoas negras e pobres ao ensino superior. “O sentimento que eu tenho, como quem quer ser a primeira da família na universidade, é de raiva. O que ele está fazendo com a educação é uma destruição e essa alteração coloca em xeque essa conquista social que foi o Prouni” enfatiza. 

“Ainda estamos estudando o texto da MP, mas já sabemos que tudo que vem do Bolsonaro, nunca é bom para os estudantes”, finaliza.

Prouni 2021

De acordo com o MEC, o Prouni 2021 teve um aumento de 21% nas inscrições deste ano, em comparação com o segundo semestre de 2020. Ao todo, foram 287.673 candidaturas nesta edição. Já em 2020, 228.444 pessoas se inscreveram para participar dos processos seletivos do Programa.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.