BBB21: João Luiz chora após Rodolffo comparar seu cabelo com peruca do monstro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Neste sábado (03), após a prova do anjo no BBB 21 João chorou ao contar para Camilla de Lucas o comentário preconceituoso que Rodolffo fez sobre seu cabelo.

O professor estava ajudando o sertanejo a vestir a roupa do monstro, uma fantasia de homem das cavernas, quando Rodolffo disse que a peruca era “igualzinha” ao cabelo de João. “Na hora eu disse: não é igual, é diferente. E aí a Juliette falou: ‘se tivesse bem arrumadinho’ a Ju tentou, involuntariamente, ajudar e disse: ‘não, nada a ver. Se o black tivesse bem arrumadinho’.”, contou João à Camila.

Eu fiquei muito desconfortável e na hora eu não consegui falar que eu não achei legal e acho que ele nem percebeu. Porque foi muito chato. Eu fiquei pensando, cara, eu não sou o homem das cavernas só porque meu cabelo é desse jeito.

disse o professor.

Leia também: BBB 21: Agência Mynd de Preta Gil tem brother João Luiz em seu casting

A influencer respondeu ao amigo: “Na hora a gente não tem nem reação”. João completou: “Na hora eu fiquei muito sem reação […] Eu achei que ia ter uma reação diferente, mas só consegui falar que era diferente. Eu nunca tinha passado por situações aqui dento e não achei que passaria. Cara, eu não sou um homem das cavernas. Associar a uma peruca de homem da cavernas ao meu cabelo foi muito chato”.

Camila abraçou João e disse: “Seu cabelo é lindo. Você é lindo”. O professor respondeu: “Eu não quero estar nesse lugar de estar toda hora corrigindo. […] Eu não queria passar por isso aqui dentro nem ser o cara chatão que fala isso toda hora. Mas tá tudo bem”.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.