Auxílio Emergencial Mineiro será pago aos nascidos em março e abril

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Auxílio Emergencial Mineiro começa a ser pago nesta segunda-feira (25), para os nascidos em março e abril, a parcela única é no valor de R$ 600. Terão direito a esse auxílio as pessoas inscritas no CadÚnico até 22 de maio, e que vivem em situação de extrema pobreza, tendo uma renda de R$ 89 por mês.

O pagamento do auxílio está sendo feito através da Caixa Econômica Federal, na conta “Caixa Tem”. Os beneficiários que já possuem a conta do “Caixa Tem”, o valor irá ser depositado de forma automática. Aqueles que não possuem a conta, podem abrir através do aplicativo ou comparecer a uma agência da Caixa ou Casa Lotérica para conseguir fazer o saque do Auxílio Emergencial Mineiro.

Calendário de pagamento:

25/10: nascidos em março e abril
26/10: nascidos em maio e junho
27/10: nascidos em julho e agosto
28/10: nascidos em setembro e outubro
29/10: nascidos em novembro e dezembro

Mais de 450 mil moradores de Minas Gerais, serão contemplados por esse auxílio.

Relembre a declaração do governador durante coletiva de anuncio do Auxílio Emergencial Mineiro

No início do mês, durante coletiva que anunciava a liberação do auxílio, o governador do estado Romeu Zema, disse que muitas pessoas ao receber o dinheiro iam fazer uso inadequado, gastando em bares e botecos “Nós sabemos, infelizmente, que muitas pessoas ao receberem esse dinheiro não fazem uso adequado do mesmo, vão para o bar, para o boteco, e ali já deixam uma boa parte ou quase a totalidade do que receberam. Então, se ele [auxílio emergencial] fosse pago de forma parcelada, muito provavelmente a sua efetividade social teria sido maior“.

O governador não apresentou nenhuma prova ou indícios que o recurso seria utilizado em bar.

APOIO-SITE-PICPAY

Fernanda De Souza

Graduada em jornalismo pela Centro Universitário Uni-BH, com 7 anos de experiência com Monitoramento de Notícia (Clipping Eletrônico). Atuação na elaboração de análises quantitativas e qualitativas que atende as necessidades da assessoria de comunicação.Vivência com produção e reportagem para revista, na área cultural.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.