Ativista do movimento Black Lives Matter, Sasha Johnson, é baleada na cabeça

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Sasha Johnson (27), uma das principais ativistas do movimento Black Lives Matter da Inglaterra, está em estado crítico após ser baleada na cabeça. A polícia de Londres informou que já está investigando o caso e que busca “entender as circunstâncias do crime”. A informação foi divulgada pelas redes sociais do grupo que Johnson faz parte, Taking the Initiative, junto com a informação de que a ativista está recebendo inúmeras ameaças de morte. “É com grande tristeza que informamos que nossa Sasha Johnson foi brutalmente atacada e recebeu um tiro na cabeça. Ela está atualmente em tratamento intensivo e em estado crítico. O ataque aconteceu na madrugada desta manhã, após inúmeras ameaças de morte em resultado de seu ativismo.” disse Taking the Initiative, neste domingo (23), pelo instagram.

Sasha Johnson é uma das principais ativistas britânicas do movimento Black Lives Matter – Foto: Reprodução

Segundo o canal de televisão britânico Sky News, Sarah foi encontrada baleada em Southwark, às 3 da manhã de domingo, em uma casa onde tinha acontecido uma festa. O delegado da polícia responsável, Jimi Tele, afirmou que a investigação está em estágio inicial e ”investigações urgentes estão em andamento para estabelecer as circunstâncias”. A investigação, de acordo com a Sky News, conta com a possibilidade de que tenha ocorrido uma briga de grupos rivais e, com a troca de tiros, uma bala atingiu Sasha, que não seria o alvo principal.

Leia também: Movimento Black Lives Matter é indicado para o Prêmio Nobel da Paz

“Sasha sempre lutou ativamente pelos negros e pelas injustiças que cercam a comunidade negra, além de ser membro do BLM e do Comitê de Liderança Executiva do Taking the Initiative Party. Sasha também é mãe de 2 filhos e uma voz forte e poderosa para nosso povo e nossa comunidade”. Comunicou o grupo Taking the Initiative em sua rede social.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.