Após usar macacos em campanha antirracista no futebol italiano, autor pede ‘desculpas àqueles que ofendi’

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O artista italiano Simone Fugazzotto , que utilizou três desenhos de macacos para ilustrar uma campanha contra o racismo no futebol italiano pediu desculpas, mas defendeu a intenção de seu trabalho.

“Como artista, não sou obrigado a nada, mas é claro que me uno às desculpas da Liga (que gere a 1ª divisão italiana) àqueles que ofendi”, disse Fugazzotto, que tem várias obras estampadas com desenhos de macacos, ao jornal La Repubblica.

Na semana passada, o responsável pela Liga, Luigi De Servio, pediu desculpas pela ilustração utilizada na campanha.

Fugazzotto tentou se explicar dizendo que representar os humanos como macacos, era tornar esta obra uma “ferramenta de defesa”, numa época em que o futebol italiano tem diversos episódios racistas, principalmente os promovidos por torcedores que chamam os jogadores negros de “macacos”.

O artista disse ter presenciado esses xingamentos como um torcedor nos estádios, bem como o lançamento de bananas na direção dos jogadores negros.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.