“A gente não têm medo de prisão”, afirma Eduardo Bolsonaro ao atacar STF

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Eduardo Bolsonaro em entrevista ao jornalista Luís Ernesto Lacombe. Foto/Divulgação: Rede TV

Em uma entrevista para a Rede TV, nesta última quinta-feira (19), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) atacou o Supremo Tribunal Federal (STF) após a prisão de aliados do presidente Jair Bolsonaro. O filho do presidente afirmou que as ordens da corte em um momento deixarão de ser cumpridas e que ele e sua família não têm medo de prisão.

A entrevista aconteceu no programa da Rede TV, “Agora com Lacombe”, comandado pelo apresentador Luís Ernesto Lacombe. Em rodada, o jornalista Tomé Abduch disse que o Brasil se encontra como “uma grande panela de pressão” e que isso leva as pessoas a estarem mais nas ruas, questionando o posicionamento de parlamentares, após Eduardo Bolsonaro dizer que acredita no poder popular, porém, dependeria de qual parlamentar estaria no comando.

O jornalista perguntou, então, ao parlamentar se ele não acredita que deve haver mais equilíbrio “para que o governo possa governar”. Em resposta, o Eduardo Bolsonaro disse que o presidente Jair Bolsonaro está tentando, porém, não haveria mais corda para esticar. “Qual seria o próximo passo? Prender o presidente? Falam aí: Prender um dos filhos? A gente não tem medo de prisão”, indagou.

O deputado ainda afirmou que prendem qualquer um por ato antidemocrático e questionou qual seria o ato antidemocrático. “Prendem por fake news, prendem por ato antidemocrático. O que é ato antidemocrático? Prendem por milícia virtual. Vai chegar uma hora em que essa ordens, infelizmente, da maior corte, do mais elevado nível do judiciário, não vai ser cumprido”, finalizou.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.