10% dos brasileiros mais ricos detém 60% da renda nacional

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O levantamento Desigualdade Mundial, realizado pelo Instituto francês de mesmo nome, publicado nesta terça-feira (7), revelou que, no Brasil, a parcela de 10% dos mais ricos, detém 59% de toda renda nacional e metade da parcela mais pobre, possui apenas 10% de renda. Esses valores são calculados com base no poder de compra de cada parcela da sociedade.

20 milhões de brasileiros vivem na linha da pobreza – Foto: Márcia Folett

Segundo o relatório, os 50% da base ganham em média € 2.800, o equivalente a R$ 8.800 (menos de um salário mínimo por mês), já os 10% mais ricos recebem em média € 81.900, ou R$ 255.760 no período de doze meses.

Lucas Chancel, coeditor do laboratório e um dos pesquisadores do instituto ressalta que a forma de distribuição de renda brasileira é equivocada, que transfere renda para os mais pobres, mas não cobra dos mais ricos. “Tivemos um crescimento da renda dos mais pobres desde 2000 muito por causa dos programas sociais. Mas, ao mesmo tempo, o financiamento desses programas não foi feito de uma forma progressiva. O 1% mais rico não foi demandado para financiar esses programas na extensão de sua riqueza. A classe média contribuiu muito e o 1% ficou intocável“, pontua em entrevista ao O Globo.

Leia também: Estudo do IBGE situa 1 de cada 4 brasileiros sob a linha da pobreza

Chancel lembra ainda que existe uma concentração de capital no Brasil nas mãos de uma pequena parcela da população e a proporção da riqueza privada vem crescendo em relação à riqueza nacional, como é o caso comparativo com o Produto Interno Bruto (PIB). Segundo o pesquisador, o PIB vem apresentando queda, enquanto o número de milionários brasileiros aumentou. “A mensagem geral é que programas sociais são chave, mas taxas progressivas para financiar esses programas são tão importantes quanto”, conclui.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.