Wolo TV estreia programa de entrevistas com personalidades negras

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Primeiros convidados de Gerúndio. Foto: Divulgação

A Wolo TV, plataforma de streaming totalmente focada em produções pretas, está cada vez mais expandindo o seu portfólio de conteúdos. Nesta quinta-feira, 12, estreia a segunda produção original da plataforma e primeira do gênero, o talk show Gerúndio! O programa é intermediado pela criadora do projeto, Juliana Motta, que interliga temas relevantes da atualidade com a área de atuação do convidado. Nesta primeira temporada os convidados são: Suellen Massena, Juan Calvet, Sami Oliveira, Ian Nunjara, Dani Mattos, Maya Franthesca, Rodrigo França, Amanda Dias, Felipe Abreu, Amanda Abreu, Lorena Coimbra, Roger Cipó, Miria Alves, Gillian Rosa e Verônica Dudiman. Gerúndio já está disponível gratuitamente no site da Wolo TV.

O interessante do programa é que apesar de contar com personalidades conhecidas como Rodrigo França, Roger Cipó e Amanda Dias (criadora do “Grana Preta”), também protagoniza histórias como as de Sami Oliveira, uma empreendedora periférica que vendia doces porta-a-porta e atualmente tem o seu próprio e-commerce.
O Co-fundador da Wolo TV, Licínio Januário, fala sobre o primeiro talk show original da plataforma de streaming:

“Pra mim, Gerúndio é um projeto que me levou de volta pra Angola, onde via apresentadores negros dando visibilidade para personalidades negras de renome na sociedade mostrarem que além de toda sua trajetória tradicional, também tinha um lado humano que o público super se identificava! A Ju Motta tem uma sensibilidade e maestria na condução do programa que é única. Isso é muito legal, porque hoje na era da internet, a gente sai seguindo um monte de gente, essas pessoas se tornam nossas referências e Gerúndio trás o lado humano dessas pessoas”, disse Licínio.

Ju Motta. Foto: Divulgação

Ju Motta comenta sobre a estrutura do Gerúndio e a importância dessa estreia: “É um sonho realizado ver o Gerúndio na Wolo TV! Por muito tempo eu não tive muitas referências nas mídias em geral, e acredito que muitas pessoas pretas também não tiveram. Potencializar falas pretas, periféricas, e de outros grupos socialmente minoritários, é muito importante e significativo! A nossa ideia é proporcionar um novo modo de se comunicar, onde não fique só comigo ali falando o tempo todo, mas haja uma troca de ideias porque é assim que a gente cresce. Em resumo, o Gerúndio é um papo sem padrão, e acredito que seja por isso que muitas pessoas vão se identificar com o programa”, revelou Motta.

APOIO-SITE-PICPAY

Jersey Simon

Jornalista, especialista em Comunicação estratégica, empreendedor. Na luta por um Reino de Justiça e paz.

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.