Vingança é a 3ª maior causa de morte em ações policiais no Rio, diz estudo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Fonte: UOL

Ações policiais motivadas por vingança são a terceira maior causa de morte em operações na região metropolitana do Rio, segundo levantamento inédito feito por pesquisadores da Universidade Federal Fluminense – UFF.

Analisando os últimos 14 anos, o levantamento atribui 380 óbitos a ocorrências de retaliação por morte de policial ou ataque a agentes de segurança pública.

Em números absolutos, as mortes por vingança só ficam atrás de óbitos em operações policiais por repressão ao tráfico de drogas (1.200) e disputa entre grupos criminais (482).

Foto: Agência O Globo

Leia também: MPF reabre investigações sobre a morte de João Pedro

Não foram incluídas no levantamento todas as mortes por intervenção de agentes do estado, apenas os casos em que foi possível atribuir a motivação da ocorrência com ao menos duas fontes diferentes de consulta. O estudo inclui óbitos de policiais e mortes em disputas entre facções rivais, que servem de motivação para operações policiais.

O estudo constatou ainda que 812 operações no período analisado foram desencadeadas por vingança —em média, uma morte a cada duas incursões policiais. Para se ter uma ideia, o índice de operações com morte motivadas por vingança mapeadas pelo estudo representam o dobro dos óbitos em cumprimentos de mandados de busca e apreensão.

Os pesquisadores determinaram a motivação com base em informações das próprias operações, onde há informações sobre incursões após morte ou ataque contra agentes de segurança pública como motivação declarada.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.