Universidades abrem inscrições para vestibular indígena unificado

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) estão com inscrições abertas para o vestibular indígena. A partir deste ano, o processo seletivo das duas instituições será o mesmo. Os candidatos farão apenas uma inscrição, indicando até dois cursos, um em cada universidade. O prazo vai até 20 de janeiro.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site da Comvest. Os editais com as regras e as vagas por curso e o calendário completo do processo seletivo estão disponíveis tanto no site da UFSCar quanto no da Unicamp.

Na UFSCar, esta será a 15ª edição da modalidade de ingresso para estudantes indígenas e na Unicamp, a quarta. A Unicamp oferece 130 vagas, distribuídas em todos os cursos da universidade, e a UFSCar, até duas vagas, em 65 diferentes opções de cursos.

LEIA TAMBÉM: Procuradoria exige que prefeitura no Pará não use Terra Indígena como lixão

Para participar, os candidatos deverão comprovar que pertencem a uma das etnias indígenas do território brasileiro, por meio da documentação especificada no edital, a ser entregue no dia da prova do vestibular. Além disso, os participantes não podem ter cursado nenhum período do ensino médio em escola particular. Um dos pré-requisitos é ter feito o ensino médio integralmente na rede pública, ou em escolas indígenas reconhecidas pela rede pública de ensino, ou ter obtido a certificação em exames oficiais, como o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Caso sejam aprovados no vestibular, os estudantes terão de comprovar as exigências, apresentando no ato da matrícula toda a documentação exigida.

A prova para ambas universidades será a mesma e poderá ser feita em Bauru e Campinas (SP); Dourados (MS); Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga (AM) e no Recife no dia 13 de março. Para prestar o exame, os candidatos deverão apresentar o registro administrativo de nascimento de indígena (Rani), a declaração de etnia e de vínculo com a comunidade indígena original e a carteira de identidade, desde que conste a origem e etnia do candidato.

A prova será em português. O programa de estudos para a prova está disponível no edital do exame. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail ingresso@ufscar.br.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.