Twitter muda recorte de fotos após mais uma acusação de racismo em algoritmos

APOIE O NOTÍCIA PRETA
A rede social passa a exibir a imagem completa, sem cortes – Foto: Reprodução

Depois de ser acusado de racismo, privilegiando rostos brancos, o Twitter anunciou, nesta semana, que vai alterar o recorte dos rostos em sua Inteligência Artificial (AI), quando da exibição de imagens nos aplicativos com sistema Android e IOS. De acordo com a rede social, a partir de agora, ela não vai mais usar algoritmos para encontrar o melhor recorte, mas sim, vai exibir a imagem que o usuário carregou em seu formato original. 

O novo modelo já está em teste e, segundo o Twitter, o objetivo é eliminar qualquer possibilidade do algoritmo do microblog decidir o que deve ser exibido para as pessoas quando o usuário passa pela Time line. “Algumas vezes é melhor dizer com uma fotos ou vídeo. Nas próximas semanas, estaremos testando algumas formas para melhorar a forma como você compartilha este tipo de conteúdo no Twitter,”, diz o post na própria conta de suporte do Twitter.

No ano passado, testes realizados por usuários do Twitter mostraram que os algoritmos da rede social privilegiava rostos brancos, em detrimentos dos negros quando se tinha mais de uma pessoa na imagem. A própria empresa chegou a reconhecer o fator discriminatório e que a AI tinha problemas e prometeu corrigir.

APOIO-SITE-PICPAY

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.