‘Tira essa macaca do meio’: Salão de beleza é alvo de pichação racista em SP

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Um cartaz de um salão de beleza em Araraquara (SP) foi alvo de pichações racistas. As mensagens, que também foram escritas na parede, toldo e portão, se referem a uma mulher negra, que está em meio a três modelos brancas.

“Três mulher linda e uma macaca no meio”, escreveu o agressor em uma pichação no portão no dia 31 de dezembro.

Dias depois, uma mensagem escrita no muro ameaçava as proprietárias. “Já falei pra tira essa macaca do meio das três muher bonita (sic)”.

O estabelecimento e propriedades vizinhas na Rua Humaitá, no Centro, não possuem câmeras de segurança e, após orientação, as proprietárias do salão irão registrar um Boletim de Ocorrência sobre os ataques.

Salão de beleza de Araraquara sofre ataque racista por banner — Foto: Arquivo Pessoal

Leia também: Mulher é presa em flagrante após denúncia de racismo em banco no Rio

Em menos de seis meses, esse é o segundo ataque racista à estabelecimentos na região central de Araraquara. Em agosto de 2021, a porta de uma lanchonete foi pichada com os dizeres ‘macaco’ e ‘senzala’.

Em entrevista ao G1, a esteticista e uma das proprietárias do salão, Ariela Fuzari, disse que os ataques começaram há seis meses e se tornaram mais frequentes com o passar das semanas.

“Eles escreviam de caneta normal em uma lona aqui na frente, no portão perto do interfone. Até então a gente só apagava e ignorava. E você só conseguia ver se chegava perto do portão, então a gente acabou não dando muita importância. Só que ultimamente tem sido um pouco mais frequente e aí começaram a escrever com canetão, de forma mais visível, para chamar mais atenção. E a gente meio que cansou disso”, relatou.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.