Taís Araújo sofre ataques de bolsonaristas após crítica ao governo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A atriz Taís Araújo sofreu uma série de ataques de correligionários do presidente da república, Jair Bolsonaro (PL), após criticar o governo em entrevista coletiva do lançamento do filme Medida Provisória, que estreia na próxima quinta-feira (14), realizada no último domingo (10).

Tais Araújo criticou o governo federal – Foto: Divulgação

Na conversa, Taís disse que foram “quatro anos infernais” sob a tutela do atual chefe do Executivo nacional. “A mudança está nas nossas mãos. Não foram quatro anos difíceis. Foram infernais, foram um pesadelo. Desespero, aumento da miséria. A gente andou para trás a galope. Não dá para continuar. O poder está nas mãos do povo”, disse Taís durante a entrevista.

Leia também: Cai investimentos do governo federal em ações de igualdade racial, aponta estudo

Bolsonaristas, como o ex-secretário especial de Cultura, Mário Frias, reagiu à fala da atriz e disse que “alguns artistas vivem uma realidade muito paralela”. Já o deputado federal Carlos Jordy (PL-RJ) publicou uma fotografia de Taís Araújo com Lázaro Ramos em uma lancha. e escreveu que “esses foram os anos ‘difíceis’ durante o Governo Bolsonaro” e o filho do presidente, também deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), repostou a publicação.

Lázaro Ramos, marido de Taís Araújo e diretor do filme também criticou o governo Bolsonaro durante a coletiva. “O Brasil tem que ser o país do agora. A gente precisa fazer uma escolha diferente senão só piorará”, finaliza.

APOIO-SITE-PICPAY

2 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.