‘Santana’ é o primeiro filme angolano a entrar no catálogo da Netflix

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O filme angolano “Santana”, começou a ser filmado em 2014, mas apenas agora a obra, produzida por Maradona Dias dos Santos e Chris Roland ganha, visibilidade mundial. Esta é a primeira produção do cinema angolano a fazer parte do catálogo da maior plataforma de streamings do mundo, a Netflix.

Filmado na Angola e na África do Sul, o filme começou a ser editado em 2015, mas dificuldades financeiras e problemas administrativos atrasaram a produção. Somente me maio deste ano a equipe conseguiu terminar a edição da película, orçada em US$ 1,4 milhões de dólares.

Baseado em fatos reais, “Santana” é um filme de ação que conta a história de dois irmãos. Um é general e outro agente da Divisão de Narcóticos, e finalmente descobrem a identidade do traficante de drogas que assassinou os pais deles décadas antes.

Fazem parte do elenco os atores angolanos Paulo Americano, Raul Rosário, o nigeriano Hakeem Kae-Kazim e a sul-africana Jenna Upton.

A estrela do filme, Neide Van-Dúnem tem 33 anos e é formada em Artes Cênicas em Los Angeles, nos Estados Unidos, e iniciou a carreira no teatro de Luanda, em 2003, aos 17 anos. Atualmente, Neide também é CEO da Produtora Mentes Fabulosas, além de ser apresentadora de televisão. Recentemente, participou ainda do filme “A Dívida.”

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.