Rio Grande do Norte ultrapassa marca de mil internações por Covid-19 e população negra é a que mais morre

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Pela primeira vez desde que os números da pandemia do novo coronavírus começaram a ser contabilizados no Estado do Rio Grande do Norte, o número de internados pela doença ultrapassou a marca de mil pessoas. Segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (15), são 1.016 pessoas em recuperação nos hospitais, sendo 626 pessoas no serviço público e 390 em unidades privadas.

No último levantamento realizado pela Secretaria Estadual de Saúde com o recorte racial, no fim do ano passado, os pretos e pardos correspondem a 40,6% dos infectados pela Covid-19, Entretanto, quando analisados os óbtitos, os negros passam a ser a grande maioria 64,4% dos que se infectaram. 


A SESAP informou no último boletim que houve um crescimento de 89,1% no número de casos de internação e com isso, o Rio Grande do Norte agora já tem 96,45% da ocupação total dos leitos de UTI. 

Desde o início da pandemia, o Estado contabiliza 180.362 casos confirmados desde do início da Pandemia, com 3.937 óbitos por Covid-19. 

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.