Prefeitura e PM proíbem Batalha da Aldeia em Barueri (SP)

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Batalha da Aldeia, batalha de rimas que aconteceria na Praça dos Estudantes, em Barueri, na última semana, foi proibida pela Polícia Militar de São Paulo (PM), a pedido da Prefeitura Municipal, de acordo com a organização do evento. Além disso, a produção está preparando uma manifestação, no mesmo horário que seria a batalha, nesta segunda-feira (25).

A Batalha da Aldeia chegou aos 4 milhões de inscritos em seu canal do YouTube – Foto: Leandro Godoi

De acordo com Bob 13, fundador e apresentador da Aldeia, é a terceira vez que a Batalha é proibida de ser realizada no local. Na última semana, o evento só foi realizado por intervenção de lideranças políticas ligadas ao movimento. “Porém, está semana, avisaram, às 4 da tarde, que não teria a batalha, mesmo que fosse à capela (sem sonorização), e às 5 da tarde tinha muita polícia na praça, pediram pra gente desligar os equipamentos e que não teria nada lá. Era ordem do prefeito (Rubens Furlan), afirma. 

Leia também: “Boa noite, moça. Boa noite, moço”: a macumba na Sapucaí

Bob 13 disse ainda que foi negociado com os agentes a realização da batalha debaixo do Viaduto dos Trabalhadores, mas a Polícia Civil levou um dos organizadores para a delegacia e que se continuassem, poderiam ser presos e ainda receber multa. “Infelizmente, não estávamos com nosso advogado no momento e tivemos que recuar. Daí, nós caímos matando em cima do prefeito de Barueri, foram mais de 28 mil comentários na publicação. Logo depois, o prefeito postou alguma coisa sobre a semana da criatividade. Ficamos horrorizados com isso. Muitos fãs nossos foram na publicação xingá-lo. Nós trabalhamos com criatividade, chega a ser uma afronta”, pontua. 

Outros eventos no local

Bob 13 lembrou ainda que, na terça-feira, dia seguinte à Batalha, a Praça dos Estudantes recebe a Feira Noturna de Barueri, que é uma feira gastronômica. “Juntam mais de 2 mil jovens, sem nenhum tipo de organização, não existe nenhum movimento cultural lá, nada que vá mudar vidas e que vai incentivar a cultura ou trazer algo benéfico para a sociedade. Inclusive temos relatos de adolescentes consumindo álcool no local e tráfico de drogas”, denuncia. 

“Temos registros de tudo isso, postamos nas redes sociais, censuramos algumas partes porque tinham pessoas vendendo drogas e gritando, mas acontecem muitas coisas na terça-feira, que eles permitem. Nós, que fazemos tudo de forma independente, sem usar recursos públicos, somos bloqueados. É uma grande injustiça e não tem cabimento essa atitude do prefeito”, lamenta. 

Procurados pela reportagem do Notícia Preta, tanto a prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, quanto o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Comunicação, não responderam nosso e-mail sobre o posicionamento. 

O NP deixa o espaço aberto para que as autoridades se manifestem, retornando nossos questionamentos. 

História

A Batalha da Aldeia é considerada a maior batalha de rimas em presença digital do Brasil, com aproximadamente 4 milhões de inscritos no YouTube. No ano passado, inclusive, a BDA ganhou oficialmente o Dia da Batalha da Aldeia no calendário do Município de Barueri através da Câmara de Vereadores.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

1 Comment

  • Steve Mckanne

    (25/04/2022 - 23:38)

    Que bom para a cidade limpar a casa desse Bob 13, que infelizmente colocam nossas crianças na droga e lucra com iasl

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.