Prefeito eleito de Nova York promove lançamento de criptomoeda local

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O prefeito eleito de Nova York, Eric Adams, promoveu nesta terça (08) uma nova criptomoeda, com a marca da cidade, que será lançada na próxima quarta (10), um novo passo em seu compromisso com as moedas virtuais.

Durante sua campanha, o ex-policial prometeu que, sob sua liderança, Nova York seria transformada em um ano. Disse, principalmente, que queria transformá-la em um “centro bitcoin”.

Na última quinta-feira, dois dias após a sua eleição, Adams anunciou que receberá seus três primeiros salários em bitcoin quando assumir o cargo, em janeiro, e afirmou que Nova York se tornará “o centro da indústria das criptomoedas”.

O prefeito deu as boas-vindas hoje à NewYorkCityCoin, ou NYCCoin, criptomoeda que usa tecnologia bitcoin que será lançada na quarta-feira. O projeto tem como objetivo unir os entusiastas das criptomoedas de uma cidade para promover o seu desenvolvimento tecnológico. Miami (Flórida) e Austin (Texas) já têm sua moeda virtual.

Eric Adams
Eric Adams (Arquivo) Durante sua campanha, o ex-policial prometeu que, sob sua liderança, Nova York seria transformada

Leia também: Eric Adams é eleito o 2º prefeito negro da cidade de NY

O primeiro passo é criar NYCCoins, mas estas não serão acessíveis a particulares, nem poderão ser negociadas em uma plataforma de criptomoedas para o público em geral. A ideia é promover o desenvolvimento de uma comunidade local de empreendedores e serviços com o denominador comum de NewYorkCityCoins, que depois possa ser usado para trocas, como parte de um programa de fidelização, ou para dar acesso a determinados sites ou mesmo espaços físicos da cidade.

“Confiamos na tecnologia e na inovação para ajudar a impulsionar nossa cidade”, tuitou Adams nesta segunda-feira. O prefeito de Miami, Francis Suarez, anunciou no último dia 2 que receberia seu salário em bitcoin.

Fonte: AFP

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.