Obama diz já ter visto OVNIs: “Não tinham um padrão facilmente explicável”

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Em uma entrevista ao programa norte-americano Late Late Show esta semana, o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama declarou que alienígenas existem. Obama reconheceu que algumas imagens de aeronaves não identificadas são reais, mas afirmou que existiam coisas que não poderia falar.

Reggie Watts, líder da banda que toca no programa, perguntou se o ex-presidente norte-americano tinha alguma teoria ou informação sobre alienígenas. “Quando se trata de alienígenas, há algumas coisas que simplesmente não posso dizer no ar”, brincou Obama.

Ao assumir o cargo de presidente em 2008, Barack Obama pediu para sua equipe investigar a existência de um lugar secreto onde estariam mantendo os espécimes alienígenas e naves espaciais. Sua equipe pesquisou mas nunca encontrou esse lugar.

OVNIs Obama
Barack Obama e sua esposa Michelle Obama

Leia também: ‘Uma única eleição não resolverá o problema’, diz Obama em livro de memórias

Mesmo não existindo esse local, Obama confirmou que há filmagens e registros de objetos não identificados nos céus, mas que “não sabemos exatamente o que são, não podemos explicar como se moviam, sua trajetória”. “Não tinham um padrão facilmente explicável. E então, você sabe, acho que as pessoas ainda levam a sério tentar investigar e descobrir para saber o que é isso. Mas não tenho nada a relatar a vocês hoje “, disse.

O papo sobre OVINIs começou ao comentarem sobre o comentário de um ex-piloto da Marinha dos EUA, o tenente Ryan Graves, que contou ao programa 60 Minutes da CBS que ele e seus colegas avistaram OVNIs – conhecidos também por Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAP) – “todos os dias por pelo menos alguns anos”.

Vídeos dos acontecimentos foram divulgados em 2019 e o Departamento de Defesa dos EUA lançou uma força-tarefa especial para investigá-los em agosto de 2020. É esperado que um relatório sobre os avistamentos seja entregue em junho.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.