Número de mortos por terremoto no Haiti sobe para 1.297

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Mais de 2.800 pessoas ficaram feridas e 1.297 perderam a vida em decorrência do tremor de magnitude 7,2 que atingiu o Haiti na manhã do último sábado (14). As informações são da agência de proteção civil do país.

O terremoto chega em um momento onde o país caribenho ainda se recuperar de outro grande tremor, há 11 anos, e que vive um luto após o assassinato de seu presidente, Jovenel Moïse, no mês passado.

Segundo a Agência de Proteção Civil do Haiti, os hospitais que ainda funcionam estão lutando para lidar com cerca de 5.700 feridos registrados até agora.

Pessoas recuperam o corpo de uma pessoa morta nos escombros de uma casa destruída pelo terremoto em Les Cayes, Haiti, domingo, 15 de agosto de 2021. (AP / Joseph Odelyn)

Leia também: Após forte terremoto no Haiti, tenista Naomi Osaka anuncia doação de prêmio de torneio para país

O desafio que o Haiti enfrenta foi agravado pela pandemia de coronavírus, uma grave crise econômica – fruto da violência de gangues – e uma crise política que piorou com a morte de Moïse no dia 7 de julho.

O chefe do governo, Ariel Henry, que sobrevoou as áreas mais afetadas de helicóptero no sábado, anunciou que o estado de emergência foi declarado por um mês nos quatro departamentos afetados pela catástrofe.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.