Racismo reverso: 186 jornalistas da Folha publicam carta aberta contra artigo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nesta quarta-feira (19), um grupo de 186 jornalistas do jornal Folha de São Paulo publicou uma carta aberta à direção, repudiando os recentes textos com conteúdos racistas publicados pelo veículo. O principal ponto das reclamações foi a publicação do artigo de opinião intitulado “Racismo de negros contra brancos ganha força com identitarismo” (Ilustrada Ilustríssima, do último domingo, dia 16), em que Antonio Risério identifica supostos excessos das lutas identitárias, que estariam levando a racismo reverso.

O jornal publicou artigo de opinião sobre “racismo reverso” – Foto: Divulgação

Em determinado ponto da carta, os profissionais ressaltam que não é costume jornalistas se manifestarem sobre as decisões editoriais, mas, no momento, é necessário e “por entender que o tema tenha repercussões importantes para funcionários e leitores do jornal e no intuito de contribuir para uma Folha mais plural. No entanto, manifestamos nosso descontentamento com o padrão que vem se repetindo nos últimos meses”, afirma o documento.

Leia também: Folha de São Paulo Publica artigo sobre “racismo reverso”

A carta ressalta ainda que, antes do artigo em questão, colunas de Leandro Narloch e Demétrio Magnoli cumpriram esse papel, de disseminar informações que são baseados em falácias e distorções, negam ou relativizam o caráter estrutural do racismo na sociedade brasileira. “Esses textos incendeiam de imediato as redes sociais, entrando para a lista de mais lidos no site. A seguir, réplicas e tréplicas surgem, multiplicando a audiência. A controvérsia então se estanca e morre, até que um novo episódio semelhante surja”, reforça o documento.

O texto enfatiza também que a credibilidade de um veículo de comunicação é criada com tempo, com trabalho e, textos como o de Antonio Risério atraem audiência no curto prazo, mas sua consequência seguinte é minar a credibilidade. “Por esses motivos, convidamos a uma reflexão e uma reavaliação sobre a forma como o racismo tem sido abordado na Folha. Acreditamos que buscar audiência às expensas da população negra seja incompatível com estar a serviço da democracia”, finaliza a carta.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.