Após forte terremoto no Haiti, tenista Naomi Osaka anuncia doação de prêmio de torneio para país

APOIE O NOTÍCIA PRETA

País mais pobre das Américas, o Haiti foi assolado, neste sábado, por um terremoto de 7,2 graus, que deixou, ao menos, 304 mortos. Horas depois, novo tremor de terra, de magnitude 5,9. Filha de pai haitiano e mãe japonesa, a tenista Naomi Osaka anunciou em suas redes sociais que doará a premiação que receberá no WTA 1000 de Cincinnati, nesta semana, ao Haiti. 

“Realmente machuca ver toda a devastação que está acontecendo no Haiti, e sinto que realmente não podemos perder tempo. Estou prestes a jogar um torneio esta semana e vou dar todo o prêmio em dinheiro para os esforços de ajuda ao Haiti. Eu sei que o sangue de nossos ancestrais é forte”,

escreveu Osaka

Leia também: Haitiano, residente dos EUA, é preso como mandante da morte de presidente do Haiti

O presidente dos EUA, Joe Biden, designou a diplomata Samantha Power para coordenar o esforço de ajuda ao país, que em 2010 foi atingido por um forte terremoto que culminou em mais de 200 mil mortes. 

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, decretou estado de emergência por 30 dias. Henry lamentou as mortes e disse, em nota, que já mobilizou recursos do governo para dar apoio às vítimas.

“Meus sentimentos aos parentes das vítimas deste sismo que gerou tantas perdas de vidas humanas e materiais em vários departamentos [equivalente a estados] do país”, escreveu Henry. “Faço um apelo ao espírito de solidariedade e compromisso de todos os haitianos, a fim de nos unirmos para enfrentar esta situação dramática que vivemos”, seguiu o mandatário. “A união faz a força.”

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.