Novo sistema para combater racismo será testado na Eurocopa

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Lukaku cobrou medidas da Uefa contra racismo no futebol europeu

A partir do dia 12 de junho será testado na Eurocopa um novo sistema tecnológico para tentar combater o racismo e brigas entre torcedores nos estádios . O anúncio foi feito pelo ministro do Esporte da Itália, Vincenzo Spadafora, nesta terça-feira (04).

O sistema será testado pela primeira vez no jogo de abertura da competição, que será entre Turquia e Itália, no Olímpico, em Roma. Em uma audiência, Spadafora comentou que o sistema será experimentado “como um instrumento de ajuda à polícia” em possíveis novos casos de racismo e confusões dentro dos estádios.  

No ano passado, diversos jogadores que atuam no futebol italiano, como Romelu Lukaku, Franck Kessié, Dalbert, Ronaldo Vieira, Kalidou Koulibaly e Mario Balotelli foram vítimas de injúria racial nos estádios. Este ano, o atacante do Brescia voltou a ser alvo de insultos racistas durante uma partida.  


APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.