Novo saque do auxílio emergencial é liberado nesta segunda-feira

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Mesmo com o auxílio emergencial prorrogado até outubro, parte da população sofre com os cortes injustificáveis do benefício

Nesta segunda-feira (12), a Caixa Econômica Federal libera a terceira parcela do auxílio emergencial para os beneficiários nascidos em julho. O valor foi depositado no dia 25 de junho, porém estava disponível somente para uso por meio do aplicativo Caixa Tem. O valor do benefício varia de R$150 a R$ 375.

Prorrogado até outubro de 2021, o auxilio emergencial foi cortado para 2 milhões de pessoas ao longo desse ano. Segundo a Folha de São Paulo, cerca de 400 mil pessoas na faixa de pobreza e extrema pobreza ficaram sem os dois auxílios oferecidos pelo governo: Bolsa Família e o auxílio emergencial. Com contestação de mais de 1 milhão de pessoas, somente 130 mil conseguiram recuperar o direito ao auxílio, após análise do governo.

O Ministério da Cidadania disse que “tem adotado as medidas necessárias para alcançar, com o auxílio emergencial 2021, as famílias em situação de maior vulnerabilidade, assegurando uma renda mínima para essa parcela da população, com responsabilidade fiscal”.

Um exemplo dos cortes do auxílio são as Mães solo que estão há um mês com o auxílio bloqueado sem justificativa do governo.

Na tentativa de resolver essa questão, elas encontraram várias outras que estão passando pelo mesmo problema e resolveram criar o perfil mães_solo_bloqueadas no Instagram para denunciar o caso e pedir a retomada do benefício.  

A Caixa Econômica diz que só opera os pagamentos do auxílio. A Data Prev disse a TV Record que atua somente como parceira tecnológica do governo no processamento de dados do auxílio emergencial. O Ministério da Cidadania, órgão gestor do benefício não respondeu aos questionamentos.  

APOIO-SITE-PICPAY

Fernanda De Souza

Graduada em jornalismo pela Centro Universitário Uni-BH, com 7 anos de experiência com Monitoramento de Notícia (Clipping Eletrônico). Atuação na elaboração de análises quantitativas e qualitativas que atende as necessidades da assessoria de comunicação.Vivência com produção e reportagem para revista, na área cultural.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.