Netflix doa R$ 3 milhões a profissionais negros do audiovisual

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A iniciativa visa diminuir os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus nos projetos audiovisuais

A Netflix anunciou nesta terça-feira (16) a doação de três milhões de reais ao Fundo de Amparo a Profissionais do Audiovisual Negro (FAPAN). O programa beneficiará 875 profissionais autônomos e 275 representantes legais de empresas vocacionadas. As inscrições estarão abertas a partir de 21 de março – Dia Internacional contra a Discriminação Racial – neste site.

O programa faz parte de um fundo de 150 milhões de dólares da empresa, criado para apoiar projetos audiovisuais em países onde a Netflix tem uma grande base produção. Em nota, a Netflix afirmou “a importância de apoiar profissionais e organizações do audiovisual negro e suas permanências no mercado audiovisual” após um ano da pandemia que impactou os profissionais da criação de todo o mundo.

Produção da Netflix, o documentário AmarElo – É Tudo Pra Ontem é pura conexão com a ancestralidade e a negritude brasileira. Reprodução: Instagram

O sócio-diretor e novo presidente da APAN (Associação dos Profissionais do Audiovisual Negro), Rodrigo Antônio, realizador preto e amazônico, na mesma nota, ressalta a relevância de ações como essa:

“O que estamos passando, hoje, com a pandemia, é muito difícil. E, em momentos como esse, nós, profissionais negros, fazemos o que sempre fizemos: nos reinventamos. Fundos como o FAPAN, apoiados por doações como a da Netflix, como anunciado hoje, são importantes para transformar vidas, apoiando tanto o profissional autônomo quanto os produtores negros. Esses produtores encabeçam as chamadas empresas vocacionadas, dedicadas à produção de conteúdo indenitário. Entendem a necessidade de uma transformação na cadeia de produção, que passa desde a criação das nossas narrativas até o acesso e inserção dessas histórias nas mais diferentes telas, para que elas possam circular e dialogar com seus espectadores. Quando a luz do cinema acende ou quando a gente termina de maratonar uma série, o que reverbera e se transforma de fato em ação? É para isso que essas produtoras independentes existem – e devem continuar existindo.”

Quem tiver interesse poderá se inscrever gratuitamente a partir do dia 21 de março até às 23:59 horas do dia 4 de abril, no horário de Brasília, por meio da plataforma Raio. O auxílio estará limitado a uma pessoa por família.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.