Negra Jaque lança EP “Linhas de Cura: Rap, negritude e outras formas de existir”

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A rapper e produtora cultural gaúcha Negra Jaque lança seu EP Linhas de Cura: Rap, negritude e outras formas de existir em todas as plataformas digitais. O álbum é o quarto da artista e foi lançado nesta sexta-feira (8). Com 15 anos de carreira e três álbuns lançados, Negra Jaque afirma que utiliza seu trabalho para abrir caminhos para a cultura de rua e periférica no Rio Grande do Sul.  

Negra Jaque lança seu 4º álbum independente – Foto: Lotus estudio

Mulher preta, professora e mãe, a artista encontrou no Hip Hop uma forma de expressar suas vivências e evidenciar narrativas invisibilizadas. A partir disso conquistou reconhecimento regional, sendo indicada para o Prêmio Açorianos de Música como melhor compositora em 2019 e convidada para atuar como diretora artísticas da 38ª edição do festival UNIMÚSICA da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Sua jornada enquanto artista e ativista resulta num acúmulo de experiências ricas que culminam em um momento chave de sua carreira: o lançamento de seu trabalho em âmbito nacional. Linhas de cura, produzido em parceria com  Latoca Records, uma gravadora independente do RS. “O álbum é um convite à reflexão sobre o eu e o nós,  um disco que fala de força, de transgredir e superar desafios”, analisa.

Leia também: Novo filme com Viola Davis conta história das Amazonas como mulheres negras guerreiras

Em seu 4º trabalho a artista busca utilizar  dos conceitos de existência, poesia negritude  e coletividade, intrínsecos à carreira de Negra Jaque, servindo como vitrine para artistas pretos do sul e no Brasil. “Buscar um espaço de esperança em um tempo de doença, através da música, da poesia e da garra de viver”, afirma.

Para acessar todas as músicas da artista, clique aqui.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor do Notícia Preta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.