Museu Histórico Nacional retira placa de Marielle Franco de exposição

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A placa em homenagem à Vereadora Marielle Franco não está mais em exposição permanente no Museu Histórico Nacional. A informação foi dada por funcionários da instituição, que preferiram não se identificar, à coluna de Alcelmo Góis, do Jornal O Globo.

Foto: Reprodução

Ainda segundo os colaboradores do Museu, a retirada foi “determinação de Brasília”. A placa que indica a Rua Marielle estava exposta na sala Cidadania, uma das últimas do museu, no Núcleo de Direitos Políticos.

De acordo com os funcionários, a remoção aconteceu durante a reforma da sala, que estava fechada desde antes da pandemia.

Histórico da Placa

Durante a campanha eleitoral de 2018, o então candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro, Daniel Silveira (PSL), quebrou a placa em homenagem à Marielle, junto a mais dois candidatos cariocas. Silveira foi preso a mando do Supremo Tribunal Federal pela participação dos chamados “atos antidemocráticos”, por incitar a violência e pregar a volta do AI-5.

Marielle Franco foi assassinada, junto com seu motorista, Anderson Gomes, em 14 de março de 2018. À época, a vereadora denunciava ação de milícias em algumas comunidades cariocas, principalmente no complexo da Maré.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.