Morre Sidney Poitier, primeiro negro a ganhar um Oscar

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O primeiro negro a vencer o Oscar de Melhor Ator, Sidney Poitier faleceu nesta sexta-feira (7), nas Bahamas, aos 94 anos, mas a causa da morte ainda não foi divulgada. A informação foi confirmada pelo Ministro das Relações Exteriores das Bahamas, Fred Mitchell.

Poitier foi o primeiro negro a vencer o Oscar de Melhor Ator – Foto: Divulgação

Poitier ganhou  Oscar em 1963, pelo seu desempenho na obra “Uma voz nas sobras”. Como ator ele também atuou nos filmes “Ao Mestre, com Carinho”, “Adivinhem quem vem para Jantar” e “No calor da noite”, todos eles de 1967.

Em 2002, Poitier foi homenageado pela Academia e recebeu o Oscar pelo Conjunto da Obra, por toda sua contribuição para o cinema, como ator e diretor. Sidney era um dos poucos atores vivos da chamada “Era de Ouro” do Cinema. Sua última participação no Oscar foi em 2014, como apresentador do prêmio de Melhor Diretor, ao lado da atriz Angelina Jolie.

Leia também: Musical “A Cor Púrpura” reestreia no Rio de Janeiro

No ano de 2009, por toda sua atuação como ativista dos direitos civis, Poitier foi homenageado com a Medalha Presidencial da Liberdade, pelo então presidente Barack Obama.

Portier foi casado com Joanna Shimkus por 45 anos, com quem teve seis filhos, entre eles a atriz norte-americana, Sidney Tamiia Poitier.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.