Mito da criação do mundo na tradição iorubá é tema de espetáculo de dança no Rio

Até o próximo domingo (24) está de volta ao Rio o espetáculo de dança “Cosmogonia Africana”, que traz a narrativa iorubá da criação do mundo. A segunda temporada está no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, na Tijuca.

Ao som de tambores, coreografias típicas da cultura afro-brasileira a peça explica a importância e o papel dos elementos primordiais da natureza: o fogo, a terra, o ar e a água para o povo iorubá. Ancestrais relacionados a tais elementos – os orixás – também estão presentes nesta edição, com algumas surpresas.

Créditos: Divulgação/Valeria Martins

O projeto é uma realização da companhia de dança Tambor de Cumba e tem a direção artística da bailarina e professora Aninha Catão, atuante no cenário cultural afro-brasileiro, no Rio de Janeiro.

Nesta segunda temporada, o Cosmogonia Africana estará mais interativo e oferecerá oficinas ao público. Aulas de dança afro serão ministradas por Aninha Catão, no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, nos dias 6, 13, 27 de abril e 4 de maio.


Serviço
Cosmogonia Africana – A Visão de Mundo do Povo Iorubá
Ingresso: R$ 40 (R$ 20 meia) – bilheteria aberta às 16h
Local: Teatro Angel Viana – Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro – Rua José Higino 115 – Tijuca
Horário: Quinta, sexta e sábado às 19h. Domingo às 18h.
Classificação: Livre

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: